Portal Crédito e Cobrança - O Nº 1 em Relacionamento com Clientes no Brasil Estatística Impacto negativo? Aumento nas taxas de juros deve diminuir procura por crédito, segundo economista
Desde o início do ano passado, as taxas de juros têm apresentado aumento significativo. A pergunta que fica é: qual será o impacto disso no mercado de crédito? Segundo Altamiro Carvalho, assessor econômico da FecomercioSP, o aumento dos juros ao consumidor já está num ciclo de crescimento desde o segundo semestre do ano passado e o resultado é um crescimento fraco da procura por crédito. "Em 2013, o volume de crédito cresceu apenas 1,6% em termos reais em relação ao ano anterior. Este ano o volume, até maio, descontada a inflação, já é inferior aos cinco primeiros meses de 2013. Em outras palavras, o mercado de crédito está se retraindo, depois de um ciclo de expansão vigoroso ao longo da década anterior", comenta.

O impacto disso no comportamento do consumidor, segundo Carvalho, no entanto, não é muito significativo, porém a procura por crédito deve diminuir. "O consumidor não se sente, atualmente, com a segurança necessária para comprometer a renda futura. O crédito mais caro é só mais um fator desestimulante para a procura por crédito, que só se torna viável quando existe confiança das famílias quanto à manutenção de seu orçamento futuro e com a manutenção do emprego", explica.

Sobre as modalidades de crédito com maior alteração nesse período, segundo o economista, está o cheque especial, seguido do crédito pessoal não consignado. "Nos últimos 12 meses terminados em maio, o Banco Central informa que o cheque especial foi a forma de empréstimo que mostrou o maior aumento de juros, passando de 136% ao ano em maio de 2013 para 169% ao ano em maio de 2014, com 32% de aumento. Em seguida, vem o crédito pessoal não consignado, que passou de 68% para 98% nesse mesmo período", afirma.

A GRUBE & ASSOCIADOS NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS ARTIGOS ASSINADOS E PERMITE A REPRODUÇÃO DOS TEXTOS PUBLICADOS DESDE QUE MENCIONADA A FONTE E COM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.

https://www.portalcreditoecobranca.com.br/