Todos cautelosos
Taxas de juros elevadas deixam consumidor precavido, além de diminuir oferta de crédito 24/07/2014 02:25
» Flávio Calife
Com a elevação nas taxas de juros das operações de crédito, o mercado deve sofrer mudanças. A tendência é que o consumidor se mostre cada vez mais cauteloso no que diz respeito à contração de dívidas, além da diminuição da oferta de crédito por parte das concedentes, segundo Flávio Calife, economista da Boa Vista Serviços SCPC. "Diante de consumidores mais preocupados em quitar suas dívidas, o aumento das taxas de juros das operações de crédito ao longo do tempo tende a desacelerar o crescimento do saldo de crédito, uma vez que os consumidores deverão comprometer uma parcela maior de sua renda para o posterior pagamento desse empréstimo", comenta.

A inadimplência pode ser tanto um reflexo como a causa das altas taxas de juros, de acordo com Calife. "Isso pode refletir em um aumento na inadimplência, pois impacta diretamente no valor das dívidas pelo aumento das despesas financeiras, com isso uma parcela maior da renda do consumidor é comprometida para o seu pagamento. Por outro lado, o aumento da taxa de juros pode ser causado pelo aumento da inadimplência. Uma vez que diante de um maior risco em conceder o crédito, os ofertantes aumentam as taxas de juros para compensar a perda de algumas dívidas não pagas", explica.

Além disso, segundo o economista, com esse cenário, as instituições financeiras têm optado pela concessão em linhas de crédito de maior segurança, como consignado e recursos direcionados. "Assim, o aumento das taxas de juros ao consumidor é principalmente um reflexo da pressão causada pelo aumento da Selic, mas também é influenciado pela maior cautela das instituições financeiras para compensar perdas diante de um aumento de inadimplência", afirma.


Matérias Relacionadas

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Mais Lidas
  • TVip »
Total de vídeos: »
http://www.portalcreditoecobranca.com.br