A vez do cartão metálico
Pesquisa aponta o Brasil como um dos mercados mais promissores para troca dos cartões plásticos pelas novas opções 16/04/2019 12:45
A América Latina é a região com maior potencial de aceitação dos novos cartões metálicos ou híbridos (de plástico recoberto), com 85% dos consumidores se declarando favoráveis à troca dos cartões plásticos pelas novas opções. Mundialmente, essa taxa de preferência também é alta, mas atinge uma cifra mais baixa (61%). É o que revela pesquisa da CompoSecure, conduzida pela consultoria Edgar Dunn & Company, que envolveu 10 mil entrevistados no plano Internacional, inclusive na América Latina, sendo mil consumidores brasileiros. No Brasil, a participação dos metálicos apurada pela pesquisa da CompoSecure ainda está só começando, atingindo 27% da base. No entanto, o consumidor brasileiro é um dos maiores entusiastas para a migração, com 82% dos entrevistados declarando-se interessados em utilizar o cartão metálico ou híbrido.
 
Entre os principais atrativos desses cartões, aponta a Edgar Dunn, estão a aparência, a durabilidade e a qualidade visual superior à dos plásticos, o que resulta em sua identificação com os valores de exclusividade, luxo e prestígio. De acordo com a CompoSecure, o avanço dessa tendência está em linha com um fenômeno  que a comunidade de marketing global resolveu batizar de "premiumization". "Ela já vem promovendo transformações em todos os produtos do dia a dia nas prateleiras das lojas e supermercados, e agora cresce rapidamente na indústria financeira e de cartões de pagamento", afirma Jon Wilk, CEO da CompoSecure. Segundo ele, a América Latina - e especialmente o Brasil - estão prestes a presenciar um boom de cartões metálicos semelhante ao que já aconteceu nos EUA.
Matérias Relacionadas

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Mais Lidas
A transformação do cliente digital
Francisco
Sodexo
exibições: 15192
00:01:24
Mudança cultural
Wilson Justo
Sorocred
exibições: 8563
00:01:15
Total de vídeos: » 1.174
http://www.portalcreditoecobranca.com.br