Qual o diferencial?
Startups podem ajudar as empresas de concessão de crédito a inovar em seus serviços 10/07/2015 03:01
» Ricardo Kalichsztein
Nos últimos anos tem se observado um perfil de cliente mais ativo do que passivo. Isso fez com que muitas empresas tivessem que mudar sua forma de se relacionar. Nessa busca desenfreada por inovação, se as organizações não mantiverem um foco, é possível que elas acabem perdendo valores primordiais para a instituição. Com esse cenário, surgem as startups, dispostas a apresentar inovações em diversos segmentos, inclusive o de crédito. Mas como essas novas empresas - que atuam em um cenário de incertezas - podem buscar diferenciais neste setor tradicional? "O que nós trazemos de diferencial é a tecnologia. Não estamos criando um novo segmento de público ou pegando um público que não é atendido, só o que nós estamos fazendo é trazer bancos e financeiras até o consumidor, que não vai precisar ir até cada instituição e fazer esse procedimento com cada uma", explica Ricardo Kalichsztein, CEO e sócio-fundador da Bom Pra Crédito.

Esta facilidade vem tanto para atender um novo perfil de consumidor, quanto à necessidade das concessionárias de crédito em atendê-lo. Para tanto, é preciso observar que estas empresas também são clientes das startups, então é preciso criar um diálogo entre essas duas organizações para que, além de falarem a mesma língua, ambas passem a mesma mensagem ao cliente que busca contratar o crédito.

O executivo conta que o surgimento da empresa surgiu com o intuito de atender estes dois clientes, na função de market place. Desta forma, o cliente que busca crédito precisa preencher somente um formulário, o qual será analisado por todas as instituições parceiras, obtendo um retorno de qual é a mais adequada para seu perfil. Isso economiza tempo para ambos os lados, seja na hora da procura e análise ou quando é necessário lidar com a burocracia que envolve o mercado. "A procura pela modalidade de crédito on-line é grande e interessante, e ainda tem espaço para crescer, mas já existem pessoas buscando a comodidade e a conveniência que a gente traz. Acho que cada vez mais, o cliente está conhecendo essa nova modalidade e, com isso, a procura aumenta", conclui.
TAGS
crédito, inovação, tecnologia
Matérias Relacionadas

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Mais Lidas
  • TVip »
Total de vídeos: »
http://www.portalcreditoecobranca.com.br